About

This is an example of a WordPress page, you could edit this to put information about yourself or your site so readers know where you are coming from. You can create as many pages like this one or sub-pages as you like and manage all of your content inside of WordPress.

Anúncios

191 opiniões sobre “About”

  1. Fui selecionado para lista de espera do PROUNI 2012.2 com bolsa integral do Curso de Direito numa Faculdade particular, no entanto, não fui convocado pela instituição para apresentar as documentações. Enviei e-mail à faculdade solicitando a lista dos selecionados e convocados pela instituição, mas não obtive resposta. Liguei pra faculdade e fui informado que outra pessoa com colocação posterior que a minha foi contemplada com a bolsa integral.
    O que deve fazer neste caso?

  2. Bom dia,

    Não sei se aqui é o lugar exato para se perguntar, mais…
    a dúvida é:

    curso um tecnologo (duração 2 anos, a média para se passar é 5), tenho 5 materias, como sou bolsista prouni 100%, tenho que ter 75% de tudo certo? isso quer dizer que tenho que tirar notas acima de 7,5, e poderia pegar 1 D.P.????

  3. Bom dia, tenho bolsa de 100% do PROUNI, e já curso o VII semestre de Direito, e gostaria de mudar de turno, isso é possível? e como é feito?Obrigada

  4. Evandro Camilo disse:

    Boa noite, fui contemplado com uma bolsa do Prouni 100%, para começar no 1º semestre em Agosto próximo no entanto, estou pensando em pedir transferência para outra instituição antes mesmo do começo das aulas, o fato de eu pedir o Termo de Liberação de Transferência da instituição atual e não conseguir realizar a transferência, mi faz perder a bolsa???
    Desde já agradeço pelo ótimo trabalho prestado por voçê

  5. Bom dia,
    Se você já tem um curso completo feito pelo PROUNI você pode fazer outro pelo PROUNI.
    Você pode fazer até quantos cursos pelo PROUNI?

    Agradeço desde já.

  6. Solange Souza disse:

    Minha filha passou em 2013 na pucpr pelo pro uni com bolsa de 100 por cento, para ingressar em julho deste mesmo ano ,em março deste mesmo ano fizemos tudo o que foi pedido quanto a documentação, ela assinou todos os papeis necessários para começar as aulas em julho,, Eu julho fomos até afaculdade para o primeiro dia de aula dela, e tivemos dificuldades em achar o ensalamento dela, fomos até o siga, e tivemos a notícia que o curso que ela avia passado pelo pro uni, não iria ter vaga para aquele ano, que so no primeiro semestre de 2014 que ela iria começar as aulas, mas que estava tudo certo. Viemos para casa com ela chorando e muito desepsionada. Quando foi dia 25 de setembro deste mesmo ano de 2013 recebo uma ligação da faculdade me informando que por termos um carro e uma moto em nosso nome ela iria perder a vaga de bolsista do pro uni. Estou indignada com a demora de todo o processo que ate antão diziam que estava tudo ok para ela começar no segundo semestre de 2013 e depois foi cancelado para o primeiro semestre de 2014, mas que isso não iria acontecer por causa do veículo e da moto, que estavam em nosso nome, sendo que a moto o meu marido tirou para meu cunhado, esse é que esta em poder do veículo e das parcelas. Não sei o que fazer , com todo esse tempo perdido, para nada e minha filha, está desesperada com praticamente o ano todo perdido.Será que ela perdeu tudo mesmo, ou temos como fazer um fis .Me ajudem sou leiga, é não sei o que fazer para ajudar a minha filha. Muito obrigada desde já, e fiquem com Deus.

    • Se os bens não foram declarados no ato da entrega dos documentos, informando inclusive a situação do seu cunhado quanto a compra da moto, é bem possível que ela perca a bolsa, sim… O que tem a fazer é tentar informar a situação para a instituição o quanto antes, porém a existência do carro é irrefutável…
      Nestes casos é sempre importante informar todos os bens para que não exista esses problemas.
      Boa sorte!

  7. Sou bolsista PROUNI 100% e vou trabalhar em dois empregos durante 6 meses, para ter a oportunidade de adquirir a casa própria, pois ainda moro de aluguel (declarado na inscrição). O problema é que a renda irá ultrapassar o limite estabelecido pelo MEC. Também não sei se,é possível perder a bolsa por financiar um imóvel. Quero muito sair do aluguel e neste período irei conseguir juntar uma grana para dar entrada. Muito obrigada!

  8. Olá Stênio, eu tive a oportunidade de trocar de empresa, pois os benefícios são mais atrativos. Eu optei em conciliar os dois empregos, até “passar no contrato” de 3 meses. Acredito, que em 6 meses consigo me organizar e ficar somente em um emprego.

    • Você deve pesar na balança se vale a pena, porque certamente será detectado pelo MEC o aumento da renda, pois irão pagar INSS e FGTS e estes dados são cruzados. eles tem se apresentado bastante intransigentes quanto a este posicionamento.

      Aconselho-te a entrar em contato com o MEC através da sua ouvidoria pelo site, solicitando informações a este respeito. Provavelmente eles não ajudarão muito, mas é o que deve ser feito primeiro.

      Depois que tiver estas informações deles, pondere se deve fazê-lo agora, ou aguardar. O fato de entrar em um financiamento também é considerado por eles. Os critérios para se analisar caso a caso ainda não estão bem definidos por eles, o que causa muita confusão. Teoricamente, se a sua renda irá ultrapassar o limite permitido após a concessão da bolsa, isto não deveria interferir, afinal, no momento da concessão você atendia os requisitos e é esperado certo aumento na renda e desde que este não seja exagerado, permitindo que o bolsista possa custear seus estudos, a bolsa deve ser mantida… porém, o que tem acontecido é que as pessoas tem buscado financiamentos que demonstram que a pessoa não possui a renda que declara, o que evidencia fraude. Se no seu caso a realidade não é esta de fraude, pode-se dar a interpretação de que o aumento da renda não é substancial, mas isso se o valor da parcela for igual a despesa declarada como aluguel.
      Sugiro que opte por imóvel do programa “Minha Casa, Minha Vida”, pois estes se enquadram nos padrões de renda. Mas sugiro que consulte o MEC, pois só eles possuem os critérios e estes não foram divulgados.
      Espero ter ajudado…

  9. Paulo Ricardo disse:

    Oi, Stênio. Comigo acontece o seguinte: moro só e minha renda ultrapassa um pouco o limite de um salário e meio (limite exigido para fins de PROUNI com bolsa integral). O problema é que, pelo que pago de aluguel, minha renda passa a se enquadrar no referido limite de 1,5 salário mínimo (até menos do limite). Estou muito preocupado com isso, já que caso eu não consiga a Integral, não terei como pagar a faculdade. Preciso saber se eles avaliarão a renda levando em conta as despesas com aluguel ou não.
    Obrigado desde já.

  10. Estudei em escola particular apenas metade do segundo ano, posso fazer a prouni?

  11. Boa noite Stênio, primeiramente parabéns pela iniciativa, conseguir uma bolsa do Prouni é no mínimo angustiante para quem esta começando os estudos, É bom que existam pessoas dispostas a ajudar como você (pena que não descobri o blog antes). Tenho uma dúvida que ainda não encontrei no seu blog e que não conseguem me explicar na universidade.
    Tenho bolsa integral de psicologia a qual mesmo estando dentro dos requisitos do programa sofri muito para conquistar. Mas fiz um curso livre de teologia em minha igreja com duração de três anos, após iniciei a integralização para bacharel em teologia o que é permitido pelo Parecer CNE/CES 63/2004. Meu receio é que assim que minha integralização for concluída e eu ter o certificado de bacharel em teologia eu perca a bolsa por “já ter uma formação”.Como este parecer pode perder a validade a qualquer momento também posso perder esses 3 anos de estudo. O que posso fazer?

  12. Por favor, preciso tirar uma dúvida…
    No semestre passado fiquei reprovada em uma matêria, pq no dia da prova final, minha mãe ia fazer uma cirurgia. Tenho que pagar ($) pra fazer esta matéria ? Ou o prouni pagará pra eu repetir esta matéria ?
    Muito obrigada, desde já…

  13. christiane disse:

    olá tenho uma dúvida , gostaria que voce me esclarecesse:
    sou bolsista integral do prouni, estou indo agora para o 5 º período, estudo na Unigranrio (RJ) , fui convidada para trabalhar em outro emprego cujo salario base é de 1380 Reais. . a minha duvida é a seguinte : posso ter minha bolsa cancelada; já que o salario ultrapassaria o limite de 1 salário minimo e meio estipulado pelo prouni para a concessão da bolsa?
    no meu caso eu fui declarada como único membro da minha familia na comprovação de renda na época que ganhei a bolsa.

  14. esqueci de informar que sou aluno de uma ies privada sendo esta a qual ganhei uma bolsa 100% e estou dentro das vagas ,por esse motivo serei desclassificado sendo que já entreguei todos os documentos necessários e não informei na ficha sobre o curso que irei fazer pago . matricula saiu e eu não sabia…fui saber logo depois de entregar os documentos para pre escolha.

  15. Stênio, Boa noite, Perdi dois semestre em mais matérias que seria permitido, só que a faculdade ainda não cancelou a bolsa, fiz a matricula e o primeiro Mês normal como ainda possuísse a bolsa, ainda foi pago pelo prouni, a faculdade só dará baixa depois que o semestre passar? e se ela se der conta da perda do direito a bolsa no meio do semestre, poderá retirar minha matricula e cobrar valores anteriores?

    • Sim, pode. Não há um prazo específico para a verificação. Acho estranho isso, mas já vi acontecer. Se sentir que foi prejudicado, procure um advogado, mas é o que acontece. Acho melhor pedir reconsideração antes.

  16. Moro com meu pai e ele é aposentado, atualmente estou trabalhando se eu pedir demissão do trabalho minha renda fica abaixo de um salario minimo e meio. Eu posso solicitar a bolsa prouni 100% ? Tendo em vista que meu curso é integral e não poderei trabalhar, o que é levado em consideração, a situação ou os três meses anteriores ?

    Obg

  17. Stênio, estou com uma dúvida: fui bolsista integral do Prouni por cinco semestres no curso de Psicologia, mas minha bolsa foi cancelada por aproveitamento insuficiente em dois semestres consecutivos. Recentemente, consegui uma bolsa integral remanescente de Fonoaudiologia na UVA-Tijuca, que foi automaticamente suspensa para o ano que vem por perda do prazo de matrícula acadêmica.

    Minha intenção é prosseguir com os estudos no curso de Psicologia.
    Sei que a instituição tem o curso e que todo semestre são ofertadas bolsas integrais e parciais deste.

    Diante desse fato, posso pedir transferência para Psicologia, mesmo tendo uma de Fonoaudiologia? Tenho que esperar um novo processo seletivo,quando são abertas as vagas? Há muita burocracia e impedimentos quanto a isso, especificamente na UVA?

    Desde já agradeço pela atenção e orientação.

    • Pode pedir, sim. Mas lembre-se, eles devem aceitar. É a lei.
      A UVA geralmente é muito tranquila nessas questões.

      • Olá, Stênio, muito obrigado pela resposta e parabéns pela iniciativa do blog. Confesso-lhe uma coisa: sua trajetória (li seu currículo da Plataforma Lattes), sua história com a UVA e o blog servem de inspiração para mim. Desejo muito sucesso e que continue ajudando bolsistas necessitados de informações. Sou seu fã!

  18. Boa noite, Stênio!

    Gostaria de esclarecer uma dúvida:

    Quando eu transfiro para outro curso a bolsa começa a contar tudo de novo ou eu precisarei pagar o equivalente ao tempo que fiz do curso anterior?

  19. Boa noite Stênio!
    Parabéns pelo Blog, já tive muitas dúvidas sanadas aqui.
    Meu caso é longo.
    No início de 2014 fui contemplada com uma bolsa integral do Prouni no curso de bacharelado em educação física. Iniciei o curso e com 2 semanas de aula descobri que não era a minha praia aquele curso, não tinha muito a ver comigo, por isso resolvi ir até a secretaria da instituição em que eu estava estudando, para pedir que eles me transferissem para o curso de nutrição. A coordenadora do Prouni da instituição me disse que não poderia efetuar a transferência, pois daria problema. Pois bem, me esforcei e continuei fazendo o curso e ao completar 2 meses eu percebi que realmente não era aquele curso que eu queria e fui novamente a secretaria da instituição pedir que cancelassem minha bolsa. Para minha surpresa a coordenadora me pergunta: por que eu não transferia para outro curso ao envés de cancelar a bolsa? Perguntei para ela se ela não se lembrava que eu já havia pedido a transferência com 2 semanas de aula e ela havia negado. Ela não respondeu nada a respeito. Achei uma sacanagem comigo pois ela só me permitiu transferir para outro curso após ter passado 2 meses de aula e justo naquela mesma semana estava em semana de provas, aquela semana e a semana anterior, ou seja, se eu aceitasse transferir, teria uma semana para estudar para todas as disciplinas do novo curso e realizar as provas perdidas. Não aceitei, pois era humanamente impossível eu aprender em uma semana as várias matérias que haviam sido passadas durante 2 meses. Sendo assim disse isso à ela e pedi que ela cancelasse mesmo a bolsa. Ela me perguntou por que eu não suspendia apenas e fazia uma declaração escrita que ela mandaria ao MEC explicando o motivo de eu estar suspendendo a bolsa e relatando que eu voltaria no 2° Semestre para usar a bolsa em outro curso? Fiz como ela disse, pois ela me garantiu que ao meio do ano eu poderia retornar sem problemas, bastava fazer uma prova de vestibular da instituição para que eu pudesse me rematricular. Antes de começar o segundo semestre liguei na instituição como essa coordenadora havia me orientado para marcar a data da prova de vestibular, mas para minha surpresa ela me disse que não haveria vestibular de Inverno em 2014, por isso eu iria poder retornar normalmente a fazer o curso no começo de 2015. Não gostei muito da ideia, pois era 1 ano todo perdido, mas aceitei. Me inscrevi para o vestibular que ocorrerá no final de novembro e hoje eles me ligaram da instituição para saber se eu havia conseguido gerar o boleto para pagar a taxa da prova do vestibular, respondi que sim e que eu havia pagado o boleto hoje. Perguntei para a coordenadora do Prouni se estava tudo certo para eu voltar no início do ano em outro curso e ela me disse que o curso de nutrição para o qual quero me transferir está restrito de bolsas e pode ser que não haja vagas para esse curso, por isso ela me pediu para começar a fazer o curso e pagar as mensalidades normalmente como qualquer outro aluno até o final de março, pois só ao final de março ela poderá me responder se haverá vagas remanescentes, pois são só essas vagas que poderei concorrer segundo ela.
    Ela também me disse que eu poderia voltar normalmente no mesmo curso que eu havia começado, mas eu respondi que na declaração enviada para o MEC eu estava especificando que eu não havia me identificado com o curso e voltaria ao meio do ano para fazer outro curso. Se eu não gostei por que eu iria querer retomar?
    Achei muito engraçada a hipótese de não haver bolsas para o curso de nutrição, pois em 2014 esse curso começou as aulas uns 10 dias após os demais, por quase não ter conseguido formar turma.
    Eu não sei se é realmente assim mesmo que funciona, mas sei que estou me sentindo indignada e feita de palhaça, pois depois de todo esse tempo de espera ela vem me falar que não é certeza que eu posso começar o novo curso de meu interesse, que pode ser que não há vagas? Além disso ela me perguntou se eu havia feito a prova do Enem de 2014, eu fiz e perguntei à ela por que que eu poderia tentar ganhar a bolsa com a nota desse ano, mas não poderia usar a bolsa que já é minha por mérito e direito? Por que que para a nova nota tem vagas de bolsas e para a que eu já ganhei não tem? Perguntas que ela não soube me dar uma resposta condizente. Após minhas perguntas ela me pediu para ligar para ela ao final de Dezembro, para que ela tente efetuar transferência sem ser pelas vagas remanescentes, mas que eu teria que pagar a primeira mensalidade do ano para que eu possa me rematricular, achei um absurdo! E mais:perguntei se a prova de vestibular a qual me inscrevi poderia me fazer conseguir uma bolsa caso minha nota fosse uma das maiores e ela me disse que não, pois o vestibular da instituição não oferece bolsas nem para a melhor nota, apenas descontos. Que vestibular estranho não? Acho que fizeram muita palhaçada comigo de não esclarecerem as coisas e me deixarem esperando feito idiota. É completamente ridículo eu ter que ficar mendigando por uma coisa que é minha por direito, eles não estão me fazendo um favor, eu conquistei a bolsa.
    Stênio, gostaria de uma orientação sua para me dizer se eu poderia fazer algo a respeito, lembrando que minha bolsa continua suspensa na instituição.

    • Você pode procurar a Defensoria Pública ou um advogado de sua confiança e processar a instituição por danos morais.
      Quanto ao pagamento de mensalidades que ela sugeriu, você não deve aceitar em hipótese alguma, pois é seu direito cursar, mesmo que o curso anterior, independente de qualquer documento que tenha enviado ou não ao MEC.
      Se fez o ENEM de 2014, fique atenta, não se inscreva em cursos que não deseja fazer ou está insegura. Analise bem os cursos, assista aulas nas instituições que pretende selecionar para não cometer o mesmo erro.

  20. Boa tarde Stênio, espero encontrá-lo bem.

    Primeiramente, parabéns pela ideia deste blog!
    Pelo pouco que li no dia de hoje, já percebi o quanto te empenhas em responder a cada uma das perguntas, bem como quantas pessoas tu já ajudastes.

    Agora sim, a situação que preciso de auxilio (tentarei ser breve e objetivo):
    Minha namorada tem bolsa 100% em determinada faculdade, sendo que se inscreveu como curso matutino e é isto o que consta em todos documentos que ela assinou.
    Entretanto, nos últimos dois semestres a faculdade disponibilizou poucas cadeiras no período matutino, sendo praticamente todas as matérias nos períodos da tarde ou noite e estes são impossíveis de ela frequentar por motivo de trabalho.

    Ocorre que isto vem atrasando cada vez mais a conclusão do curso dela e, se continuar neste ritmo, ela não conseguirá concluir o curso dentro do prazo máximo, pois a faculdade não tem disponibilizado o curso matutino, sendo que este é o compromisso firmado entre eles.

    Assim sendo, pergunto-lhe, Eles (faculdade) podem fazer isso? O que ela pode e o que ela deve fazer?

    Desde já, agradeço pela atenção!

    • Prezado, você postou a dúvida no local errado, mas vou lhe responder.
      A sua namorada precisa procurar a Defensoria Pública ou um advogado para analisar o caso dela, pois sem alguns elementos não é possível te ajudar mais. Informe ao advogado que a atender qual o curso, se o curso é de período integral ou não, qual a grade e carga horária pactuada, etc. Assim vai ser possível ajudar.
      Aparentemente há uma irregularidade, pois o ofertado não está sendo cumprido.

  21. Olá Stênio, tenho algumas dúvidas. Cursei dois semestres por meio da bolsa 100% do Prouni no estado de SP, por questões pessoais tive de retornar ao meu estado de origem CE e estou tentando transferir a bolsa pro mesmo curso e em outra IES. Temo perder a bolsa por falta de vagas já que me foi explicitado que só me dariam a resposta de possibilidade da bolsa depois das chamadas do Prouni este ano, primeira chamada, segunda e lista de espera. Quanto a isso, a IES já está ciente que estou à espera de uma resposta, posso eu, participar da lista de espera que é de acordo com a nota do ENEM ( sendo a minha de 2013)? Sei que as possibilidades de conseguir a vaga não são grandes, mas mesmo que eu não curse este primeiro semestre em nenhuma das IES em que tenho contato, o que ocorre com a minha bolsa? Ainda tenho chances de poder ao menos aproveitar as disciplinas cursadas, caso entre no mesmo curso em outro momento?

  22. Olá, tudo bem? Encontrei este blog por acaso na internet e gostei muito. Então resolvi tirar uma dúvida. Sou aluna 100 % prouni e estou indo para o 6º e último semestre, porém tenho algumas disciplinas que reprovei no decorrer do curso. Já li no manual do prouni sobre esse item do número de reprovações por semestre e que a faculdade não pode cobrar do aluno as matérias cursadas novamente em “dependência”. Porém na facauldade a qual estudo eles tem o “regime especial” é tipo assim: paga-se o valor total da carga horária da discplina e eles passam um único trabalho para ser avaliado sem precisar cursar o semestre inteiro. Queria saber assim, se a faculdade pode aceitar que eu faça esse “regime especial” pelo prouni ou eles não são obrigados? Já me informei na faculdade e eles dizem que não, mas tenho minhas dúvidas. espero q tenhas entendido. Obrigada!

    • Regime especial é o mesmo que dependência ou recuperação. Se você tem bolsa de 100%, tem direito ao uso gratuitamente. Se for de 50%, paga a metade.
      Se se negarem, contate o MEC no site do Prouni, Fale Conosco, Denúncia.

  23. João Figueiredo disse:

    Olá Stênio, boa noite! Primeiramente pela iniciativa lhe dou os parabéns!! Muitas dúvidas minhas foram solucionadas com apenas alguns cliques. Porém como a situação em que me encontro é deveras peculiar, gostaria de tirar a dúvida explicando o caso.
    Possuo a bolsa integral desde o ano passado (2014), na qual na comprovação de renda constam eu (que recebo pensão alimentícia de meu pai), minha mãe (sem renda), meu tio (auxílio saúde), e minha avó (aposentadoria), porém, no começo deste ano, foi ofertado pelo meu pai à mim uma viagem de intercâmbio para o exterior, esta qual seria financiada, num valor aproximado de R$450,00 por parcela (a mensalidade de meu curso é de mais de R$1,500,00). Gostaria de saber se essa possível viagem de alguma forma poderia afetar minha bolsa na faculdade, visto ainda que meu pai não se encontra no grupo de renda familiar, e do baixo valor do financiamento comparado com a parcela de meu curso.
    Mais uma vez parabenizo-o pela iniciativa e aguardo sua resposta, forte abraço é sucesso!!!

  24. Olá, boa noite, parabéns pelo Blog!!! Eu começarei o 4º semestre de pedagogia e ganhei a bolsa do ProUne, na hora da confirmação das informações eles disseram q eu vou começara partir do 1º semestre e que eu poderia pedir reaproveitamento das disciplinas.. a minha pergunta é: realmente eu vou ter que começar do primeiro semestre? eu não posso dar continuidade a partir do semestre que já estou não ?

  25. É na mesma instituição sim, Obrigado pela resposta !

  26. Olá stenio! Tudo bem espero que possa me esclarecer uma coisa, eu li os posts e nao encontrei a resposta…é assimEu Posso trancar a bolsa sem ter feito nenhuma matéria? E depois terei de voltar em quanto tempo?
    Obrigada e desculpe qualquer coisa ..

  27. Boa tarde, se eu fui reprovado na confirmação das informações do ProUne na 1ª chamada eu poderei recorrer? se posso, de que forma?para comprovar q as minhas informações são verídicas?

  28. eu perguntei ao polo essa informação, eles me falaram que dentro de 5 dias vão me falar. Obr !!

  29. Jaquelline Vale disse:

    Olá!
    Fui selecionada para uma bolsa de 100% pelo ProUni pela lista de espera no 1° semestre.
    Quando fiz a minha inscrição das 4 pessoas na minha casa (contando comigo) somente 3 trabalhavam e 1 não, então com essa renda eu não ultrapassava o 1,5 dos salários. Agora fui selecionada para levar minha documentação no dia 10/03 e meu irmão foi registrado hoje para trabalhar em uma empresa. Isso vai interferir na minha renda? Ele não tem holerite dos últimos 3 meses pois estava desempregado.
    Caso ele peça demissão eles vão pensar algo do tipo “pediu demissão só para ganhar a bolsa”?

    Obs: meu horário pro curso é vespertino, então se eu conseguir a bolsa eu vou pedir demissão no meu trabalho, mas antes de pedir demissão quero ter certeza que ganhei a bolsa.

  30. Arthur Denner disse:

    Eu me inscrevi no Sisu pela primeira chamada, mas depois ganhei uma bolsa na segunda chamada do Prouni e me matriculei.

    Porém, depois de 2 semanas cursando, eu decidi cancelar minha matrícula pelo Prouni.

    Minha matrícula pelo Sisu foi automaticamente cancelada quando eu me matriculei no Prouni ou ainda está ativa?

  31. sergio vinicius disse:

    Não sei se poderá responder minha pergunta mas enfim, sabe me dizer como funciona a politica de cotas para negros? oque quer dizer “se auto declarar negro” , isto requer documentos que prove?

  32. oi bom dia,
    ganhei a bolsa do prouni 100%, e minha renda é aceita, mas meu pai tem bens no nome dele (carro, casa e lote), só que ele não me ajuda na faculdade. E agora eu tenho risco de perder a bolsa? eu já fia a inscrição.
    Obrigada

  33. Denise Ferreira disse:

    Olá
    Irei me inscrever nos programas Sisu e ProUni ,
    Porém tenho dúvidas a respeito das regras financeiras.
    Eu sou casada, trabalho como caseira, meu marido é
    Funcionário público. Temos apenas em nosso nome
    a nossa casa que está em construção.Será que consigo
    uma bolsa ?

  34. Boa Noite! Eu não sei se aqui é o lugar certo de perguntar, mas eu estou desesperada! Fui contemplada com uma bolsa integral do Prouni para o curso de Medicina com início no segundo semestre de 2015. Já entreguei todas as documentações solicitadas e assinei meu termo de concessão da Bolsa. Porém, agora no começo de junho seria quando eu deveria efetuar minha matrícula na Universidade, só que ao chegar lá para fazê-la, recebo a notícia que devo apresentar um contra cheque de 2x o valor da mensalidade do curso!!! Mas agora como? Se, um dos critérios para eu conseguir a bolsa foi justamente possuir renda per capita menor que 1,5 salário mínimo, e eu não tenho condições alguma apresentar um comprovante de renda de 12 mil reais mensais, seja de parente ou amigo!!!!!
    Gostaria de saber se isso é licíto, ou como posso recorrer contra isso!
    Não quero perder minha bolsa!!!

    • Isto não é lícito.
      Entre no portal do Bolsista do Prouni e faça uma denúncia e aguarde a orientação que eles vão te encaminhar.
      De posse desta informação procure o Coordenador do Prouni da universidade. Se ele não resolver vá até o Ministério Público Federal de sua cidade se houver, se não, procure o Ministério Público Estadual e faça a denúncia.

      • Obrigada pela resposta!
        Eu acabei de enviar uma mensagem no portal de atendimento do Prouni em forma de denúncia e estou aguardando resposta!
        Quando reclamei lá na Instituição eles me disseram que era “norma da Faculdade, como forma de garantir caso eu perdesse a bolsa”. Mas vou atrás do que for possível.
        Obrigada mesmo!

        • A norma da faculdade não está prevista na lei, então é ilegal, porque se trata de uma norma de Direito Público e todos aqueles que exercem atividade pública, mesmo que delegada, caso das instituições de ensino, estas devem seguir estritamente o previsto na norma. A lei diz que não cabem outras taxas.

          • O que o MEC me respondeu foi:
            ” Assunto:
            Secretaria de Educação Superior (SESu) >> Prouni
            Solução:

            Em atenção a sua mensagem, informamos que as questões relacionadas a matrícula, que se dá por meio da emissão do Contrato de Prestação de Serviços Educacionais, orienta-se que entre em contato com o departamento responsável da IES, solicite esclarecimentos e verifique procedimentos pertinentes.

            Sendo assim, qualquer procedimento para realização da matrícula de junto à instituição em que houve a pré-seleção e aprovação deverá ser resolvido diretamente na instituição.”

            Procurei a coordenadora do Prouni da IES e ela alegou não poder fazer nada pois o programa daria autonomia à Instituição para essas decisões. E que o problema deveria ser resolvido com Pró-reitoria de Ensino, que se mostra irredutível e ainda diz que eu posso apresentar qualquer pessoa, sem parentesco ou não para ser meu contratante, ou meu “fiador”. Mas eu não conheço ninguém com a renda de 14 mil e nem me vejo obrigada a conhecer.
            Irei à Defensoria Pública atrás de um Mandado de Segurança que garanta minha matrícula, nas não sei como isso funciona direito, se devo procurar a Defensoria Pública do Estado ou a Defensoria Pública da União ou tanto faz.

            De qualquer forma, agradeço muito pela atenção em responder os comentários e parabéns pelo Blog, é uma linda iniciativa.

  35. Bom dia, vou me inscrever no Prouni 2015.2 e tenho algumas dúvidas. Eu tenho um sobrinho que não mora comigo, mas o meu pai paga a escola dele e declara no imposto de renda. Devo colocá-lo no meu grupo familiar no momento da inscrição? E para poder comprovar que ele não mora comigo? Outro problema é que os pais dele compraram a casa pela caixa e ainda estão pagando, devo levar o comprovajtebda caixa? Obrigada

    • Seu sobrinho deve ser tutelado legalmente pelo seu pai por uma guarda concedida judicialmente ou em um documento particular registrado em cartório pra eles aceitarem. Na prática tem sido assim. Não sei se aceitarão de outra forma. Porém, se consta no IR dele, coloque e comprove depois com o IR pra ver se aceitarão… Mas acho complicado…
      Quanto aos pais dele, certamente não fazem parte do seu grupo familiar.

  36. Ele precisa ser tutelado pelo meu pai, mesmo não morando conosco? Obrigada

    • Se não mora com vocês, não deveria nem cogitar colocá-lo como membro da família… Não tinha entendido que era assim…

      • Não colocando não terei problema por ele estar no imposto de renda?

        • Veja bem, pra constar como do grupo ele teria que morar com vocês. Ponto. Esquece o resto. O que seu pai faz com ele não o coloca como dependente segundo os critérios do Prouni para incluí-lo como membro do grupo familiar. Agora, se por alguma questão te pedirem que conste, o que estaria incorreto, você faça esta inclusão, mas eu entendo que não caberia. Opinião minha.

  37. Ta certo, muito obrigada por ter esclarecido.

  38. Jeanne Freire disse:

    Boa tarde Stênio!
    Possuo uma bolsa integral do Prouni, pretendo me casar com um militar,e este reside em um outro estado. Já me informei na faculdade em que estudo que não há possibilidade de transferência de bolsas integrais, eu gostaria de saber se o fato dele ser militar pode me dá a possibilidade da transferência, e que procedimentos devo tomar. Por favor, me ajude!

  39. Boa noite Stênio ,
    Fui pré-selecionado na primeira chamada do Prouni ,porem por não formação de turma acabei perdendo a bolsa ,sendo assim fui pré-selecionado na segunda chamada ,assim fui a faculdade levar os documentos , chegando la foi constatado a falta de alguns documentos ,a moça pediu para que providenciasse os documentos que faltava e retorna-se a instituição ate a próxima segunda (13 de julho) isso ocorreu na sexta (10 de julho ) ao retornar na faculdade entreguei todos os documentos e recebi o protocolo de recebimento devidamente assinada pela instituição , na quinta (16 de julho) recebi a ligação do responsável do prouni na instituição em questão aonde dizia que teria dado um problema e teria passado a data do envio dos documentos ao Prouni sendo assim eu perdi a bolsa ,porem o mesmo me assegurou que esperasse ate sexta (17 de julho ) e me candidata-se a lista de espera , sendo assim nao perderia a bolsa , ao entrar no site do prouni constatei que eu nao estava apto a concorrer a lista de espera devido a faculdade ter me reprovado por não comparecimento , ao entrar em contato com a faculdade , o responsável pediu pra aguardar a lista de remanescentes que abriria dia 24 de Julho, e que daria tudo certo ,mas o site do prouni nao aponta nenhuma data para essa tal lista de remanescentes, o mesmo pediu pra retornar a faculdade e retirar meus documentos pois eles nao poderia ficar , e pediu pra levar de volta o protocolo de recebimento ,nao sei como reagir sobre a situação,pois ao me ver nao foi apenas culpa minha e sim da instituição
    Desde ja agradeço

    • Não entregue o protocolo a eles e não retire os seus documentos.
      Eu acho que você deve processar a instituição por “perda de uma chance”. Procure um advogado de sua confiança ou a defensoria pública e diga isso pra eles e saberão o que fazer.
      Se houve erro da instituição e você perdeu a sua oportunidade eles devem te indenizar, se possível te dando uma bolsa com os mesmos direitos e garantias do ProUni.
      MAS, realmente há ainda mais uma chamada para vagas remanescentes não preenchidas… http://siteprouni.mec.gov.br/ Coloque seu nome clicando no botão verde, manifestando o interesse na lista de espera.

  40. Olá, me matriculei em uma instituição de ensino como bolsista 100% de enfermagem graças ao prouni, mas estudo há um ano pelo pronatec em técnico de enfermagem, gostaria de saber se é possível eu trancar a matricula por um semestre sem perder a bolsa para poder ao menos retirar uma carterinha de auxiliar de enfermagem que é um ano e meio e voltar em 2016 sem perder a bolsa, já que essa instituição permite o trancamento da matrícula para alunos não bolsistas antes de completar um semestre, lembrando que minhas aulas ainda não começaram por isso gostaria de ingressar em outro semestre, no caso outro ano. Obrigada

  41. Nunca fui chamada na faculdade para assinar usufruto da bolsa? Será que estou estudando e vou ter que pagar no fim do curso. Com uma surpresa q n tenho bolsa?

  42. Sou aluna prouni, bolsa 100% integral, estou no IV bloco de Direito. A faculdade que eu estudo nunca divulgou nada sobre a bolsa permanência, nem eu nunca vi ser feita nenhuma seleção por lá. Eu mesma, tive conhecimento a pouco tempo da bolsa, pois vi no site do prouni. É correto a faculdade não informar seus alunos sobre essa bolsa, e muito menos ofecê-la? Como eu faço pra conseguir a minha? Preciso muito, e já vi que preencho todos os requisitos.

    • A bolsa é de interesse dos alunos e se destina a quem cursa faculdade em período integral (o dia inteiro), não é o caso do curso de Direito. Talvez por isso eles não tenham divulgado. Não é a faculdade quem oferece e sim o MEC. Desculpe, a menos que seu curso de Direito seja diferente do que em todo o país, ou seja, suas aulas durem o dia inteiro, você não preencheria este importante quesito.

  43. Luís Otávio Azevedo Maciel disse:

    Boa tarde, gostaria de saber se é “legal” segundo as normas do prouni um bolsista com bolsa integral cursar 1 faculdade com a bolsa e pagar outra faculdade a distância ( custa 350 reais ) . Estou pensando em fazer isso ano que vem.
    Outra questão é se meu pai tem um carro no nome dele isso pode fazer com que seja negada a bolsa? Obrigado.
    obs: já fui bolsista integral de direito em outra faculdade, porém está não pediu tantos documentos como a a faculdade em que planejo cursar ano que vem. ( não conclui o curso)

    • Não há uma proibição na lei, mas você pode ser enquadrado na questão da renda, pois se pode pagar um curso porque teria bolsa?
      Quanto ao carro, se ele é compatível com a renda, não.
      A quantidade e os tipos de documentos foram modificados e tudo é levado em consideração na concessão agora…

  44. olá, estou com uma dúvida cruel mas acho que poderá me ajudar. No começo do ano de 2015 fui contemplada com uma bolsa 100% pelo ProUni. Mas no segundo semestre me candidatei novamente para outra vaga, e consegui novamente uma bolsa 100% pelo ProUni em outra instituição. No entanto quando recebi o termo de Concessão de Bolsa, dizia que minha bolsa na outra instituição estava automaticamente encerrada. Com isso nem fui mais na minha antiga universidade trancar o curso. Gostaria de saber se terei de pagar esse semestre que não renovei a bolsa, porque pelo que li no manual a bolsa fica suspensa e como eu era 100% eu gostaria de saber como fica minha situação. Desde já, obrigada!

  45. Duas dúvidas: minha mãe está por se casar, se ela se casar depois de eu ter adquirido a bolsa, e com isso, afetar a renda familiar, posso perder a bolsa? E a outra, caso eu me candidate a uma vaga numa faculdade de outro estado, como faço na hora de comprovar informações?

    • Se a renda ficar MUITO alta, sim. Se não for um aumento substancial, não. Lembre-se que a renda aumenta, mas acrescenta mais uma pessoa pra dividir.
      A comprovação é do mesmo jeito que a instituição fosse na sua cidade.

  46. Olá Stênio, gostaria de esclarecer uma dúvida, poderia me ajudar?

    Então, fui pré selecionada pelo sisu, mas estou com dificuldades em provar renda, pois moro com minha mãe no mesmo quintal da casa dos meus avós (meu vô é responsável e as contas, imposto, estao todos no nome dele) a única “prova” que minha mae reside nesse endereço é através da fatura do cartão que consta o endereço de casa. Então, no caso, eu trabalho e minha mae também, e apesar de morarmos no mesmo quintal do meu avô e em casas diferentes, não nos mantemos da mesma renda que ele. Nos mantemos apenas desses dois salários que é nosso (o meu é de Jovem Aprendiz, mas registrado na carteira) Você acha que teria alguma possibilidade de eu conseguir a vaga? E o salário de Jovem Aprendiz é levado em conta para o cálculo final no direito à vaga? Preciso muito da sua resposta, desde já agradeço, obrigada!

    • A fatura do cartão é suficiente como comprovante de endereço.
      Sim, não há problema de morar no mesmo quintal de seus avós.
      Sim, o rendimento é levado em conta.

      • ah, entendi! Desculpa as perguntas, Stênio.. mas é que agora estou arrumando as documentações e a universidade é em outro estado, por isso estão surgindo diversas dúvidas. No caso, na hora de levar as documentações anexadas de cada membro do grupo familiar, conforme o edital, devo levar somente o da minha mãe e os meus? Ou teria que levar também o do meu avô por ser o responsável pela residência e pelo imposto?

        • Não tem que levar nada do seu avô se moram em casas diferentes. O fato dele pagar o imposto é porque não foi desmembrado, só isso. Apenas comprove que ele mora em outra residência, que fica no mesmo terreno.

  47. Bom dia Dr. Stênio. Já acompanho seu blog desde o ano passado, pois foi quando consegui minha bolsa de 100% do ProUni.Estou sempre acompanhando o blog principalmente em inicio de ano letivo onde surge as mais variadas duvidas em relação a bolsa ProUni; em um desses post também em mim surgiu uma duvida que esta me incomodando.Sou bolsista desde 2015 e já estou com o termo de concessão renovado pra continuar os estudos em 2016.A minha duvida como na maioria dos casos esta relacionada a renda sei que estou dentro do valor de renda per capta exigido pelo programa porem possuo cartões de credito com um limite que pra mim parece ser elevado, um em R$ 4.500.00 e outro R$ 9.000.00 mais isso são apenas os limites disponíveis não possuo nenhuma fatura com valores alto sempre gira em torno de R$ de 1.300.00 e uma vez ou outra(acho que apenas 3 vezes) quando se “ empresta” o cartão pra alguém já chegou a R$ 2.200.00.Gostaria de ressaltar que possuo o cartão de maior valor a bastante tempo(tenho 45 anos não sou mais um garotão) e o limite vai sempre aumentando com o passar dos anos.tenho cartões de loja adquirido recentemente com limites de créditos baixo um de R$ 400.00 e outro de R$ 800.00(facilita comprar na própria loja do cartão, pra quem tem pouca renda qualquer desconto e valido) tenho uma poupança no valor de R$ 5.000.00(conta corrente trancada a anos, movimento somente como poupança)dinheiro para uma eventual emergência e meu filho que não comprova renda pois no momento da concessão da minha bolsa ele era apenas estudante e no momento ainda estar desempregado tem uma poupança no valor de R$ 8.000.00 dinheiro que fomos juntando(eu, minha esposa e ele mesmo) a aprox.10 anos com a intenção de ajudar nos estudos dele em nível superior.Analisando esses dados vc acha que devo me preocupar ou não estou infringindo nada e não corro risco de perder a minha bolsa. Gostaria de uma orientação sua e desde já lhe agradeço.
    Obs.: minha esposa e meus filhos são adicionais nos meus cartões.

    • Esses limites não querem dizer que sua renda seja alta… apenas que tem crédito alto.
      Mas sugiro que não fique emprestando cartões pra pessoas fazerem compras altas, pois eles podem pedir o extrato dos cartões e vai ficar difícil provar que não foi você quem comprou, pois o cartão é seu… Já vi perderem a bolsa por conta disso…
      A poupança não tem problema, pois ela é apenas economia da renda. Relaxe e vá estudar…

  48. Boa noite Stênio, eu consegui uma bolsa integral e meu caso é a renda, ela passa 200 reais do 1,5 salário mínimo. Eu pedi a conta pra só constar a renda do meu marido, isso é motivo de não passar na entrevista?Outra coisa importante: eu tive que vender minha casa ano passado, e tenho o resto deste dinheiro guardado, a casa não era quitada, então não sobrou muito, nosso carro é popular ano 2008 e é financiado, a única coisa que tenho de melhor é uma biz, que adquiri com o dinheiro da venda da casa. No final disso tudo, tenho uma criança de 3 anos que precisa das coisas, um aluguel e um financiamento de 460,00. E por causa de 200,00 reais a mais corro o risco de não conseguir a bolsa, a faculdade custa 1.044,00, mesmo com 50% eu não consigo bancar.

    • Sim, é… Não colocou o filho?
      Leia o post sobre as principais dúvidas do ProUni e o sobre financiamento de veículos, por favor.

      • Nayara Argenta disse:

        Coloquei, o pior que o que faz nossa renda ficar tão alta, e a insalubridade e horas noturna do meu marido o que varia todo o mês. Muito injusto, porque de acordo com isso, não poderia concorrer uma bolsa para medicina, porque passa um pouco do 1,5 salário mínimo.

        • Desculpe, mas não é injusto… Insalubridade e horas extras noturnas são renda…
          A regra não é pelo custo do curso e sim pela renda… Podia ser um curso de R$ 1,00 ou de R$ 10.000…

          • Nayara Argenta disse:

            Injusta é a forma como é avaliada, então se só ser analisada a renda nisso tudo, sou apta a bancar uma faculdade de 4,500? toda a nossa renda bruta, quando você diz que bolsistas ProUni tem prioridade no FIES, ano passado tinha bolsa parcial, fui financiar os outros 50%, como peguei só algumas matérias dava um valor baixo, menos que 3 mil, e mesmo assim não passou. Motivo: Não tinha verba.

  49. Boa noite Dr. Stênio.
    Tenho uma dúvida.
    Moro com minha irmã e meu pai, nós três trabalhamos e isso faz com que nossa renda esteja acima dos 1,5 salários mínimos/pessoa.
    Caso eu peça demissão alguns dias antes da comprovação de documentação e a empresa dê baixa na minha carteira sem fazer a homologação (pois estou com problemas na empresa que estão demorando em média 2 meses), será que eles irão aceitar normalmente, pois estaria enquadrado no limite salarial/pessoa, ou será que daria algum problema por causa da renda comprovada nos últimos três meses que passa desse limite, ou por não estar “trabalhando” eu nem precise levar comprovante ou extratos de banco em meu nome???

    • Não vai adiantar, pois a situação analisada é a anterior, como diz a lei. Se não seria muito fácil… A pessoa faria um acordo, seria demitida, faria o processo seletivo e depois seria readmitida… Não é assim que funciona… O que deseja fazer é fraude…

  50. Alicia Patrine disse:

    Boa noiiite!
    Tenho algumas duvidas..
    Eu ganhei uma bolsa no Prouni de Biomedicina.. Mora no interior do Amazonas.. Ganhei em Manaus.. 1 ano depois me casei , virei dependente de militar.. Meu marido foi transferido pra Aracaju.. Na época em que passei comprovei a renda dos meus pais.. Eu estou morando em Manaus mas preciso me transferir com urgência.. Mas pesquisando descobri que as faculdades de lá abrem vaga pra transferência externa uma vez no ano.. Por eu ser mulher de militar e meu marido ser transferido existe alguma lei que os obrigue a me aceitar havendo vaga ou não??? Se não houver vaga e nem me aceitarem posso recorrer a publica?? Pq vi os critérios de desempate pra vaga e acho difícil conseguir lá
    . pois a media é muita maior que a daqui. E sobre a renda .. Corro risco de perder a bolsa por causa da renda.. Por ser dependente de militar agora??
    Obrigada!

    • No seu caso, por ser transferência ex-officio (sendo ele militar das forças armadas federais), não tem essa de época ou de ser uma vez por ano. É lei.
      A própria lei do ProUni prevê. Se não tiver seu curso nas particulares do ProUni, você pode recorrer às públicas.
      Se a renda ultrapassar em muito o limite, pode perder a bolsa sim.

  51. Olá boa tarde, estou na lista de espera do ProUni e informa que tenho que levar meus documentos na instituição entre os dias 8 e 9 de março. Eu não entendi muito bem, já estou na lista de espera, gostaria de saber se realmente devo levar os documentos ou aguardar algum resultado e também pra levar esses documentos se não fui selecionada.

  52. boa noite

  53. Claudia Santos disse:

    Olá Stenio! Sou bolsista do prouni,na instituiçao que estudo a média para aprovaçao é 5 mas vi no site do prouni que a media do prouni é 7,5. Nesse. Caso qual nota prevalesce, a da instituiçao ou do prouni? Grata!Claudia Santos.

  54. Stênio, tenho bolsa do prouni de 50%. Queria saber o que tenho que fazer se caso eu conseguir uma de 100%. Tenho que cancelar minha bolsa na faculdade ou já posso fazer minha inscrição direto sem precisar cancelar nada?! Obrigada

  55. Olá, fui selecionada para comprovação de informações para ser aprovada em uma bolsa integral, fui até a faculdade, levei TODOS os documentos que foram pedidos, tudo certinho, alguns dias depois o resultado saiu e a bolsa não tinha sido aprovada, liguei então na faculdade e falei com a assistente que tinha me atendido, ela disse que a bolsa não foi aprovada por causa do financiamento do carro, o valor das parcelas é de 1200, (o carro não é um carro de luxo). Ela disse então, que as parcelas são muito altas, mesmo tendo sido comprovado que encaixa na renda, ela mesma disse que as contas com as outras despesas bateram, ou seja, esta tudo correto, minha renda não passa do valor exigido. Existe essa regra de parcelas altas de financiamento? Fiquei bastante triste, pois era um sonho fazer a faculdade, depois de muito esforço.

  56. Olá Stênio, se eu trabalho em um emprego que paga um pouco mais de um salario e meio, moro só, mas tenho filha e pago pensão mas a filha mora com a mãe, eles levam em conta o que está no holerith total (serviço público) incluindo auxilio alimentação, auxilio refeição ou não? Eles levam em consideração so os que moram no mesmo lar? Tenho a pretensão, dependendo da bolsa, pedir demissão, pois to vendo um emprego que pague menos, mas se eu me demitir, o termo de exoneração serve para tentar bolsa ou vão ver anteriormente quanto recebia e com isso mesmo assim não concederem? ou levam em conta o fato de estar sem emprego para concessão de bolsa? obrigado.

    • Alimentação e refeição, não.
      Só quem mora com você. Se tiver a decisão judicial que determinou o pagamento de pensão, pode incluir que é considerado, sim.
      Vão considerar os 3 meses anteriores, pois é esta a regra.

  57. Bruna Braga disse:

    Olá Stênio.
    Poderia sanar minha duvida?
    Em Outubro de 2015 fiz o ENEM, com a nota que tirei me inscrevi no PROUNI para Administração na Uninove Vergueiro, não fui convocada na 1º chamada e também não fui convocada na 2º chamada, então fiz minha matricula na Uninove Memorial para cursar Gestão Em Recursos Humanos, paguei a matricula e duas mensalidades.
    Em 19 de março pela lista de espera consegui a bolsa Prouni para o curso de Administração na Uninove Vergueiro, minha duvida é tenho direito ao reembolso do valor pago no curso de RH? já que esta no mesmo período e o mesmo foi interrompido por ter conseguido a bolsa?..

  58. Boa noite .
    Tenho bolsa de 100% do prouni desde o primeiro semestre de 2015
    E gostaria de fazer um intercâmbio ano que vem.
    Gostaria de saber se posso perder a bolsa pelo fato de usar R$10.000 ( poupança de varios anos em meu nome ) mais R$ 10.000 de meu pai , que esta fora da renda familiar pois não mora comigo !
    Se puder tirar minha dúvida, fico grato .

  59. Boa noite.
    Tenho bolsa 50% PROUNI, e já estou no 2 semestre da faculdade. Possuo um bem imóvel (terreno) e um bem móvel (moto) em meu nome. Na comprovação das informações não foi solicitado uma relação de bens e eu também não me atentei em informar a instituição. Minha renda e grupo familiar coincidem com o declarado e esta conforme exigência do programa PROUNI, pois não tenho total condições de arcar com a faculdade, mas sim apenas cinquenta por cento dela. Os bens do qual relatei foram conquistados antes de eu receber o termo de concessão da bolsa 50% PROUNI. Meu medo é perder a bolsa por causa desses dois bens, pois penso em vender o terreno.

    Minha dúvida é a seguinte: Posso perder a bolsa por causa dos bens, mesmo a renda per capita familiar sendo compatível com a exigência do programa?

  60. Sou bolsista do ProUni e a mesma tem um prazo de validade. Porém,a instituição na qual estudo,oferece pouquíssimas disciplinas por semestre,acredito que isto se deva pela falta de professores. Se continuar deste jeito,não conseguirei concluir o curso dentro do prazo de validade. O que posso fazer nesta situação?

  61. Olá Stênio, bom dia!

    Primeiramente, parabéns e obrigada pela ajuda que você dá aos futuros bolsistas.
    Minha situação é a seguinte: Eu morava com meu namorado de aluguel, o contrato da casa está no nome dele, mas rompemos o relacionamento e hoje eu moro sozinha. Da imobiliária eu só tenho 3 comprovantes de pagamento de aluguel, porém, sem carimbo e assinatura, um recibo simples, só com as informações da imobiliária e do aluguel. Eu tenho como provar que pago a luz e telefone, pois saem da minha conta do banco. Minha preocupação é com o aluguel, como posso provar que eu pago, mesmo o contrato estando em nome de outra pessoa? Só os recibos, mesmo sem carimbo e assinatura são válidos? Como devo proceder? Apenas uma carta autenticada serve também?
    Desde já, agradeço a atenção.

  62. lixeira47A disse:

    Parabéns pelo trabalho, então hoje fui entregar a documentação do prouni, moro com meus avô, e meus pais pois bem na hora que a moça me perguntou se alguém tinha conta no banco em minha casa eu fiquei em dúvida se meu avo tinha ou não, nisso sabendo que so tinha trago os estratos bancários da conta do meu pai apresentei a informação somente referente a ele, na hora que cheguei em casa meu avo me disse que tinha tambem uma conta, gostaria de saber se serei prejudicado por causa disso?Desde já, aguardo sua resposta.

    • Não tenho como te responder a esta pergunta, a não ser pelo fato de eles conseguirem descobrir que seu avô tem conta e você não levou… Se descobrirem, você pode ser eliminado ou ser convocado a apresentar o extrato da conta dele.

  63. lixeira47A disse:

    hoje levei a documentação do prouni, só que so levei os extratos bancarios de meu pai, (nao sabia que meu avo tinha conta bancaria e ele mora comigo) agora queria saber se isso podera me prejudicar e se tem algo que eu possa fazer pra reverter essa situação?

  64. Boa Tarde !
    Sou ex-Bolsista do Prouni, perdi a bolsa e tive que trancar a matricula. Fiz novamente o enem e consegui outra bolsa do Prouni de 100%, a matricula que está trancada é na estácio e a bolsa que ganhei, também é para a estácio, sendo que em cursos diferentes e campus diferentes. Tem algum problema ?

  65. Curso uma universidade pública, posso concorrer a uma bolsa e depois cancelar a pública ou posso cursar as duas juntos ou pelo fato de já cursar a pública nem tenho chances de conseguir a bolsa prouni ?

  66. Posso esperar a bolsa ser aprovada ou assim que eu me inscrever no prouni tenho que cancelar minha matricula na federal?

  67. Olá, tudo bom?!
    Sou bolsista prouni do 2ºperíodo e me surgiu
    uma dúvida, se esse programa me permite tentar intercâmbios.
    Poderia me ajudar?! Obg.

  68. Olá Stênio, bom dia! Tudo bem? Eu espero que sim 🙂
    Bom já andei lendo bastante coisa aqui no site, mais tenho uma dúvida que até agora não foi sanada,e não vi aqui… por favor me ajude! rsrs
    É o seguinte, eu concluir meu ensino fundamental em escola pública, daí quando era pra cursar o nivel médio, e por vários motivos inclusive por eu ter começado a trabalhar com 14 anos, eu abandonei os estudos não cursei nem 1º,nem 2º, nem 3º,e por fim, ano passado fiz o enem e obtive meu certificado no inicio deste ano. E a pergunta é, ó certificado de conclusão pelo mec enem é considerado para fins de incrição no sisu, prouni, pronatec etc, como escola pública? Se sim, qual seu entendimento?. Desde já agradeço
    Bom fim de semana!

  69. Marcos Vinicius Luiz disse:

    Olá Stênio, antes de tudo parabéns pela sua iniciativa.
    Tenho uma dúvida. Vasculhei por grande parte dos posts e não encontrei.
    Eu sou aluno de uma IES, regularmente matriculado no curso de Direito, com FIES em andamento, e já tenho dois semestr
    es completados. Caso eu seja contemplado com uma bolsa integral do ProUni, eu terei de pagar a dívida relativa aos dois períodos já completos? É caso tenha de pagar, quando devo começar?

    • Desculpe… Você não encontrou porquê eu não entendo muito de FIES mesmo… No caso do FIES é preciso ler o contrato para verificar quais cláusulas tratam disto no mesmo. Basicamente, é preciso pagar, sim. Contudo, é preciso ver o que versa o contrato.

  70. erika conceicao freire disse:

    oi boa tarde sr stenio meu nome é erika e agradeco por esse blog e pela atencao de cada um de nos
    Estou com uma duvida Eu abrir uma firma algum tempo atras so que nao deu certo e continua ativa no meu nome e nao declarei mais o imposto de renda so quero saber se vai implicar no momento da matricula do prouni
    2 moro de favor na casa de uma amiga e nao tenho nenhum comprovante de residencia no meu nome pois nao tenho como ter comprovante por ter o nome restrito o que eu faco para comprovar a residencia sem estar no meu nome
    3 Mimha mae mora comigo e ela nunca trabalhou fora e nao tem como comprovar renda e nem residencia o q devo fazer qdo pedirem comprovantes acima?

    • Sugiro que corrija as informações e dê baixa na empresa.
      Se sua renda ainda for compatível não atrapalha para o ProUni, mas deve informar que há empresa em seu nome, contudo, está inativa.
      2. Solicite que sua amiga faça uma declaração dizendo que mora lá sem custos. A assinatura deve ter firma reconhecida. Deve ser juntado com essa declaração o comprovante de residência da amiga.
      3. Ela deve fazer uma declaração igual a amiga, mas informando que não possui renda e nem os comprovantes requeridos. Apresente a Carteira de Trabalho dela em branco. Se ela não tem, tire.

  71. Bom dia.
    Eu to com um problema, pois já pedi pra não perder a bolsa 2 vezes, e depois o meu caso foi se agravando, e agora eu to esperando a ufrj pra fazer consulta psicológica, devido à problemas que tive no período da faculdade e afundaram as minhas notas fazendo eu reprovar. Eu posso pedir mais uma vez e com provas que mostrem o por que o meu desempenho caiu??? sou matriculada desde 2014. Tenho medo de me tornar uma fracassada e não terminar nada na minha vida. Foram tantas coisas ruins que aconteceram que eu entrei em depressão, desanimo e muita tristeza profunda. E ainda me encontro assim. O que a universidade faz no caso de possuir documentos que comprovem o meu estado? Eles podem me dar uma chance pra eu tentar aliada ao acompanhamento psicológico? No caso esse acompanhamento estarei fazendo mesmo que a universidade se negue a reconsiderar se não eu vou cair. Fui orientada pela psicologa da faculdade a fazer pq eu estava realmente muito mal. Eu reprovei já no total 11 disciplinas, duas por falta e o resto por média. Tive muitos problemas pessoais, e com desanimo, fora os emocionais. Fiquei depressiva, não pensava em procurar psicólogo até uma amiga me dizer o quanto eu não estava bem, já pensei em me matar, já quis, e as vezes ainda penso nisso. Eu tenho medo.

    • Primeiro, você precisa elevar a sua alto estima… Encarar a realidade e ir conversar com o coordenador do Prouni e explicar sua situação. Apresente os laudos do seu tratamento e tranque a matrícula por um período suficiente pra melhorar sua condição psicológica. Eles podem, sim, avaliar a situação e te dar mais uma chance, mas tranque e só volte quando tiver reais condições. Cuidado com o prazo que pode manter trancado.

  72. Levar a conta de água é obrigatório?

  73. Bruno Frezze disse:

    Boa noite Stênio!
    Parabéns pelo Blog
    Meu caso é o seguinte.. fui selecionado para a bolsa de 100% e tenho a renda que se que enquadra a renda bruta por pessoa, porém essa renda é toda recebida por imóvel alugado ainda em inventario (ps: não existe nenhum imovel registrado no nome de nenhum dos moradores da casa); fui avisado pela assistente social que por ter “bens” teria minha bolsa barrada a mesma ainda alegou que o meu caso é um problema financeiro e não de carência no qual a mesma alegou que o programa era destinado somente.
    Desculpa pelos erros ortográficos pf me ajude, grato

  74. Klicia Barreto da Silva disse:

    Olá, eu sou bolsista com prouni 100% e estou querendo fazer intercâmbio pela minha faculdade. Minha bolsa seria perdida ou congelada? Obrigada, beijos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s